As 5 maiores mentiras sobre o propósito de vida

por | 9, ago 2020 | Propósito de Vida | 0 Comentários

Cada pessoa possui o seu próprio propósito de vida e isso quer dizer que mesmo que você não entenda ou concorde, cada um tem um jeito diferente de se sentir feliz.

Por exemplo, se você for uma pessoa tranquila, vai gostar de morar em algum lugar mais afastado, trabalhar apenas a quantidade que precisa e logo descansar, fazer suas coisas pessoais e viver na maior simplicidade possível.

No entanto, existem pessoas que precisam estar em constante movimento para se sentirem plenas, inclusive assumir várias responsabilidades ao mesmo tempo, ter vida social agitada e quase nunca parar em casa.

Nessa perspectiva, ainda assim, existem algumas mentiras que são amplamente disseminadas e que nada tem a ver com encontrar a própria felicidade.

É um vício dos seres humanos aceitar pacificamente algumas situações e considerar que “não outra tinha escolha” apenas para se proteger das consequências.

Leia os tópicos abaixo para saber as 5 maiores mentiras sobre seu propósito

1: Se eu tivesse mais tempo 

Quantas vezes você já disse que faria alguma coisa caso tivesse mais tempo?

Às vezes um exercício físico, ler mais, fazer caridade, aprender uma segunda língua, o que quer que seja, você está sempre disposto a encontrar desculpas para não fazer o que gostaria de fazer.

Quando você quer fazer ou ser alguma coisa, você arruma tempo e não desculpa, porque mesmo que você trabalhe demais, se determinada coisa for realmente importante, você investe tempo.

2: A expectativa de que o possuir algo é sinônimo felicidade 

Existem muitas pessoas que associam a felicidade a coisas palpáveis, como comprar uma casa, trocar de carro ou até mesmo arrumar um namorado, casar e ter filhos.

Pode até ser que esses sejam mesmo seu propósito, mas só por um tempo, até alcança-los, depois você acha outros objetivos.

Isso acontece porque é lei da vida do ser humano nunca estar totalmente satisfeito com o que tem e querer mais. 

Apesar de ser bastante frustrante por um lado, você pode usar dessa necessidade para como motivação para conquistar mais e não como a razão pela qual você não é feliz. 

3: Dinheiro é a resposta

O dinheiro provavelmente é a maior desculpa de todos e é usado para convencer que a sua vida só não é incrível porque a sociedade é injusta e só os ricos podem ser felizes.

Por exemplo, se você sonha tanto em aprender outra língua e só não o faz por falta de dinheiro, poderia fazer Duolingo ou qualquer outro site que disponibilize conteúdos gratuitamente.

Às vezes é mais fácil aceitar determinada situação do que buscar outras alternativas.

4: Criar uma ligação imaginária entre as coisas

Quantas pessoas você conhece que chegaram a vida adulta ainda morando com os pais? 

Isso na verdade não é problema nenhum a partir do momento que essa seja mesmo a vontade da pessoa e não uma desculpa para não sair da zona de conforto.

Imagina se você trabalhasse em algum lugar muito distante e só continuasse em casa porque, na sua cabeça, você acredita que precisa ajudar financeiramente os seus pais, mas isso não te faz feliz.

Não é seu propósito permanecer na casa, mas você insiste pois criou uma ligação entre felicidade e total independência, mas não considera que poderia ajudar a distância.

É comum não tomar algumas atitudes por medo de não saber lidar com as consequências que elas podem trazer para as suas vidas.

5: É impossível viver sem 

O perigoso da sensação que te faz achar que é impossível viver sem alguma coisa é associar isso ao motivo da sua felicidade ou ao seu propósito de vida.

Por exemplo, uma pessoa que é dependente de química no cabelo, ou seja, que “não pode viver sem o cabelo liso”, como faz caso consiga viajar por uns meses ou até fazer um intercâmbio? Será que ela desistiria? 

Considerar a impossibilidade de qualquer coisa pode ser apenas uma desculpa que te impede de realizar mais do que poderia. Nada é impossível.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.