As crianças não gostam de ir à escola? Ou há coisas na escola que as incomodam?

por | 29, ago 2020 | Desenvolvimento Pessoal | 0 Comentários

Se você é pai ou mãe, provavelmente, já passou um aperto na hora de levar seu filho à escola, principalmente quando foi deixa-lo lá, porque ele começou a espernear, fazer birra, chorar e gritar dizendo que não queria ficar.

Ou em casa mesmo, quando a criança adoece na hora de ir para a aula e no dia seguinte acontece a mesma coisa no mesmo horário.

Por que será que isso acontece? 

Quase toda criança passa por essa fase de não querer ir à escola e isso, normalmente, está ligado a um tipo de ansiedade chamada pela psicologia de “recusa escolar”.

Ela pode estar associada a acessos de raiva, choro quando chega o momento de ir para a aula e até sintomas físicos, como dor de barriga, cabeça e enjoo.

Até certo ponto, isso é perfeitamente normal. O problema é quando passa a acontecer frequentemente. 

Nesse sentido, não é porque não existe de fato um problema físico responsável por causar os sintomas, que não existe um problema real mascarado.

Sendo assim, esse mal-estar pode ter causas emocionais gerada pela ansiedade de não querer ir à escola.

Nesse caso, é preciso identificar então qual é o motivo para isso. Continue lendo o texto para entender melhor. 

Por que me filho não quer ir à escola? 

Não é certo para os pais associarem que o filho está mentindo ou inventando sintomas só para simplesmente não ir à escola.

É bem provável que alguma coisa esteja errada e ele não saiba como te falar ou mesmo compreender o porquê de ser errado.

Nesse panorama, descobrir o real motivo que está fazendo a criança não querer ir à escola é o mais importante para saber como ajudá-la a superar esse problema. 

Os motivos mais comuns são:

  • Dificuldade de adaptação. Os pais precisam ter paciência nesse caso, não é fácil para os filhos sair de um convívio familiar e aceitar pessoas, até então, desconhecidas com facilidade.

Ainda existe o fator ambiente. Tudo é uma novidade para ele e isso pode ser muito assustador.

  • Tédio. Pode ser que a escola não esteja oferecendo a motivação ou estímulo necessário que a criança precisa para se interessar em ficar.

Também existe a possiblidade do seu filho possuir Déficit de Atenção ou, até mesmo, inteligência superior à média, o que torna o ensino tradicional bem fraco.

  • Alguém o está perturbando. Nesse caso é preciso averiguar quem são os outros alunos que ele mantém relação e até se os professores são bons e atenciosos.
  • Atraso escolar. Se a criança possui dificuldade de entender as matérias ou se não consegue entender um determinado professor, isso pode estar contribuindo para a repulsa dele em relação à escola.
  • Problemas de socialização. Se o seu filho não consegue fazer amigos com facilidade, logo se sentirá sozinho e passará a rejeitar a escola.

Dicas do que pode ser feito

  1. Mantenha um diálogo aberto e verdadeiro com seu filho para que ele possa ser honesto sobre o motivo pelo qual ele não quer ir à escola
  1. Não hesite em procurar o professor para conversar. Não tem nada de errado querer acompanhar o desempenho do seu filho e saber de eventuais problemas que ele pode estar tendo. 
  1. Incentive o seu filho a se aproximar de outras crianças, marque outros pais um momento de recreação, chame-os os amigos dele para frequentar a sua casa.
  1. Procure ajuda. Se o comportamento de evitar a escola permanecer, talvez seja melhor procurar um psicólogo infantil. O especialista vai ajudar a descobrir as causes e poupar a criança de sofrimento desnecessário.

Conclusão

Por fim, para garantir que não existe nenhum problema físico, leve seu filho ao pediatra e com essa hipótese descartada, trabalhe para ajudar a resolver o problema.Seja honesto com seu filho e mostre que ele pode confiar em você, eventualmente essa fase passar e ele vai começar a gostar da escola.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.