Como a alimentação faz bem para sua produtividade? Descubra

por | 15, jul 2020 | Saúde | 0 Comentários

Você sabia que tudo aquilo que consome durante o dia tem o poder de influenciar sua produtividade?

Ter uma alimentação saudável pode proporcionar mais disposição, fazendo com que seu dia tenha um maior rendimento.

A ingestão de alimentos pesados ou gordurosos, por outro lado, pode causar queda de produtividade, conforme um estudo feito pela Universidade de Brighan, nos EUA. Veja a seguir os dados:

  • Pessoas que mantém uma alimentação ruim tem redução de 66% em sua produtividade
  • Indivíduos que não consomem vegetais ou frutas tem redução de 93% em seu desempenho diário.

Uma alimentação saudável, portanto, pode proporcionar melhor atenção e concentração, assim como mais resistência física.

Saiba que apesar da vida corrida que levamos nos dias atuais, é totalmente possível manter uma dieta balanceada e, consequentemente, aumentarmos nossa produtividade.

Se você acredita que uma dieta correta pode ajudar em sua rotina profissional, então continue a leitura, pois este artigo foi escrito para você!

Que tipo de alimento escolher?

Café da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar

Para o café da manhã, uma boa pedida são os alimentos proteicos e aqueles capazes de mantê-lo com o corpo desperto. 

Dê preferência para ovos cozidos ou mexidos, pois tem baixo teor de gordura e são capazes de mantê-lo saciado por mais tempo.

No almoço, consuma alimentos leves, com proteínas, carboidratos e gorduras boas. Evite açúcares, farinha branca e comidas pesadas.

Se você é daquelas pessoas que não conseguem ficar sem doces, um chocolate meio amargo (com pelo menos 70% de cacau) pode ser uma boa pedida para um lanche da tarde. 

A grande concentração de cacau ajuda a manter o foco, além de melhorar o humor e dar mais disposição.

Cuidado com o excesso de café ou de bebidas que possuem cafeína. Essa substância, quando ingerida em grandes quantidades, pode aumentar o estresse, a ansiedade, a falta de sono e o baixo rendimento.

E, por fim, para o jantar, dê preferência para alimentos com fibras, como sanduíches em pão integral, saladas e frutas para sobremesa. Isso poderá também contribuir para uma noite de sono regular.

Para conseguir manter essa alimentação saudável, siga os seguintes passos:

  • Tire um dia para planejar e preparar seu cardápio da semana
  • Compre antecipadamente todos os ingredientes que irá precisar e deixe-os preparados previamente, caso seja possível
  • Monte sua própria marmita, evitando excessos, para que você tenha maior controle da qualidade de suas refeições
  • Separe seus alimentos por porções individuais em recipientes
  • Procure armazenar tudo em recipientes de vidro, que evitam o risco de contaminação
  • Mantenha o foco em sua dieta. Pense que, um desvio poderá prejudica-la

Dieta Cetogênica

A dieta cetogênica surgiu durante os anos 1920, como um método de controle da epilepsia, mas ficou muito popular, durante os anos 1960, por proporcionar um emagrecimento rápido.

Essa dieta consiste em uma drástica redução no consumo de carboidratos, que provoca uma espécie de queima de gordura chamada de cetose. 

Quando o carboidrato é radicalmente reduzido, o organismo busca outras fontes de energia como a gordura acumulada, proporcionando um emagrecimento rápido. 

Além disso, a cetose trabalha estimulando os hormônios que reduzem o apetite.

Como fazer a dieta cetogênica?

Antes de iniciar essa dieta, é importante saber que ela não deve ser feita sem um acompanhamento profissional e que peso, idade, altura, sexo e o nível de atividade física praticada devem ser considerados antes que ela seja receitada.

Quanto ao cardápio, não existem itens pré-determinados. Os alimentos podem ser adaptados de acordo com o gosto do paciente, desde que pertençam a um dos grupos abaixo:

  • Carnes
  • Vegetais
  • Gorduras de qualquer tipo

No entanto, nesta dieta, o leite não é permitido e não há uma quantidade exata de refeições por dia, pois normalmente as pessoas sentem fome em períodos diferentes.

Efeitos colaterais como cansaço, mau-humor e fraqueza podem ocorrer durante a fase de adaptação, mas conforme o corpo vai se acostumando às novas formas de obter energia, esses sintomas tendem a desaparecer.

Conclusão

Como você pôde ver, é importante manter uma alimentação saudável para obter melhor produtividade em seu dia-a-dia. 

Refeições pesadas ou em excesso reduzem a concentração, a disposição, o foco e podem causar sonolência e moleza, além de estresse e mau-humor.

Neste artigo você também pôde conhecer mais sobre a dieta cetogênica, como ela surgiu, como funciona e quais quesitos devem ser levados em consideração para sua aplicação. 

Então, se deseja realizar este tipo de dieta, procure um profissional e veja se ela é indicada para você. 

Gostou do nosso artigo sobre alimentação saudável?

Deixe-nos um comentário abaixo. Assim, caso tenha dúvidas, poderemos te ajudar fornecendo mais informações.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.