Como a equipe de ciclismo mudou o rumo da sua história

por | 2, out 2020 | Desenvolvimento Pessoal | 0 Comentários

É cultural celebrar apenas grandes vitórias da vida, mas a verdade é que para chegar a um grande resultado é necessário que pequenas conquistas sejam contabilizadas. 

Não adianta você dormir insatisfeito com seu corpo, acordar determinado a mudar seus hábitos alimentares, malhar muito e esperar que em 24h vai alcançar seu corpo dos sonhos, pois isso não vai acontecer. 

Tudo possui um caminho e para chegar ao final dele você tem que escolher melhorar a cada dia. 

Parece uma meta difícil, né? Porém, não é. Isso porque, provavelmente, você está imaginando melhoras significativas, rápidas e progressivas. 

Utilizando, ainda, do exemplo antigo, você não precisa malhar uma hora hoje, duas amanhã, depois três e assim por diante, NÃO, não é nada disso. 

Pequenas mudanças diárias afetam positivamente o resultado final. Hoje você pode não comer arroz, amanhã acordar um pouco mais cedo para malhar e depois de amanhã ir andando para o trabalho. 

Viu? Não é nada que vai exigir muito de você, apenas 1% de melhora diária para que o seu objetivo seja concluído. Parece interessante, né? Continue lendo o artigo para entender melhor. 

Até mesmo as pequenas mudanças podem gerar grandes resultados

O termo “hábitos atômicos” está relacionado a pequenas mudanças diárias que podem ser associadas a átomos, uma vez que um conjunto de átomos forma uma grande molécula.

Em outras palavras, isso significa que ao somar pequenos hábitos, ou pequenos ganhos sucessivos, algum resultado extraordinário te aguarda. 

Para melhor simplificar, imagine aquilo que você mais deseja. Seja subir no cargo na empresa que trabalha, conseguir alcançar estabilidade financeira ou passar em um concurso público muito disputado.

No entanto, não importa o quanto você se esforce, não consegue conquistar o que tanto sonha. 

O que será que está acontecendo? Por que será que as coisas não funcionam para você? 

Bem, desconsiderando questões externas, se o que você quer depende exclusivamente de você, então pode ser que necessite de uma mudança de comportamento com urgência.

Nesse sentido, para atingir o seu resultado, é preciso, principalmente, duas coisas essenciais: determinação e persistência.

Você já viu uma fileira gigante de dominós sendo derrubada? A metáfora aqui pode servir para explicar para a sua situação. Quando o primeiro cai, derruba o segundo, terceiro e, assim, sucessivamente até todos estarem caídos. 

Isso acontece porque existe uma ordem, uma sequência seguida, a energia do anterior afeta o próximo até o fim.

Se essa fosse a sua vida, você poderia interpretar como se esse fator externo (o responsável por derrubar o primeiro) fosse a sua iniciativa para lutar pelo o que deseja.

E cada um dos dominós representados são os seus hábitos diários, ou seja, aqueles necessários que você chegue ao seu resultado final (no caso, toda a sequência derrubada).  

Assim, fica claro que toda ação vai ter a sua consequência. Se você focar e insistir, com o auxílio de hábitos atômicos, pode conseguir o que quiser.

Uma história sobre hábitos atômicos

Existia uma equipe de ciclismo no Reino Unido que nunca alcançava grandes resultados. Apesar de ser muito boa em outras áreas, a parte de ciclismo era a sua deficitária.

Depois de muitos anos sem que nenhum ciclista britânico ganhasse o Tour de France, o treinador chileno Dave Brailsford foi contrato. 

Brailsford é conhecido pelo conceito de “agregação dos ganhos marginais” em que o princípio é melhorar 1% tudo o que você faz.

Essa meta não era difícil de ser alcançada, na verdade, era uma mudança tão pequena que, às vezes, nem podia ser notada. Porém, todo melhora é uma melhora certo? Juntando cada pequeno ganho, o resultado pode surpreender.

E foi isso que aconteceu. Basicamente, ocorreram modificações nos treinos, os assentos de cada bicicleta foram redesenhados, houve alteração no peso dos pneus e na aderência também. 

Além disso, mudaram o gel das massagens, contrataram um médico, melhoram a rotina de sono de cada competidor, mudaram até o lugar onde o ônibus da equipe estacionava para que os atletas caminhassem menos depois das provas. 

Lembra que o objetivo era melhorar apenas 1% a cada dia? Então assim eles foram seguindo, com o amanhã sendo sempre melhor do que o ontem. 

Nesse cenário, a grande meta era ganhar o Tour de France em cinco anos, mas ganharam três anos depois. Em 2012, o primeiro britânico subiu ao pódio mais alto e o Reino Unido acumulou 7 medalhas de ouro do ciclismo.

No próximo ano mais uma vitória na França e em sete anos, a mesma prova tradicional que eles não conseguiam ganhar, foi vencida por eles quatro vezes.

Conclusão

Evidencia-se, assim, a influência que pequenos ganhos sucessivos têm no resultado final. 

Por isso, concentre-se no que deseja, busque melhorar apenas 1% a cada dia e espere confiante que o que você sonha vai acontecer.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.