Não seja a sua pior companhia

por | 15, ago 2020 | Desenvolvimento Pessoal | 0 Comentários

Já reparou a dificuldade que algumas pessoas têm em ficar sozinhas? Isso, normalmente, ocorre com quem não possui a capacidade de apreciar a própria companhia.

Com certeza você tem um amigo que prefere se submeter a qualquer tipo de relacionamento só para não ficar sozinho.

Para essas pessoas, a solidão é o pior castigo e isso é refletido em várias coisas do dia a dia. 

Por exemplo, pavor de almoçar sem companhia em um restaurante, não vai ao cinema se ninguém estiver disponível, não consegue andar pela rua sem mandar mensagens pelo celular e por aí vai.

É possível perceber que a vida de quem vive assim é repleta de limitações e essa dependência não é saudável nem para a própria pessoa e nem para quem vive junto dela.

Sim, conviver consigo é um desafio muito complicado para muita gente, o que chega a ser engraçado porque como esperar que alguém goste de você se nem você mesmo gosta?

Você sabe o porquê disso acontecer? Siga na leitura do artigo para descobrir.

A extrema necessidade de viver em grupo por não apreciar a própria companhia

É fato que o homem já nasce dependente, uma vez que precisa de cuidados extras até crescer, além de ajuda para se alimentar, tomar banho e se vestir.

No entanto, toda essa dependência precisa evoluir de forma saudável com o desenvolvimento da criança, para que esse vínculo possa ser quebrado com o tempo.

O desenvolvimento infantil, inclusive, posso ser medido pelos níveis de independência de crianças com a mesma idade.

Nesse sentido, os pais que estimulam os filhos a comer sozinhos, tomar banho, fazer algumas atividades sem precisar de ajuda, entre outras coisas, estão de maneira similar contribuindo para um desenvolvimento mais rápido.

De acordo com Regina Elisabeth Lodello Coimbra, psiquiatra e psicanalista, a autonomia da criança quando não é estimulada e desenvolvida, pode instalar mecanismos de dependência que podem acompanha-las até a vida adulta. 

Sendo assim, todas instituições em que somos inseridos desde novos, como escola e igreja, tendem a construir a noção de “ser social” dos humanos, mas não contribuem para o conceito de que ele também pode ser excelente sozinho.

Isso não quer dizer que o homem deva abandonar totalmente sua característica social, apenas criar um limite para conseguir viver em sua própria companhia e não ser dependente de outras pessoas em todo tempo. 

Autoconhecimento

A verdade é que muitas vezes pessoas não conseguem ficar sozinhas por não conseguirem se olhar no espelho, ou seja, lidar com seus próprios defeitos. 

A terapeuta Dorli Kamkhagi afirma que “as pessoas buscam o barulho externo para negar o que há de mais profundo”. 

Além disso ela diz que só é possível se formar quando pode suportar o peso de ser quem você é.

O impacto dessas frases é muito forte e refletem bastante na vida das pessoas. 

Nesse panorama, a solidão pode e deve ser usada para o autoconhecimento, descobrir quem você é de verdade, do que gosta, conhecer seus ciclos e entender sua visão de mundo.  

É só por meio do autoconhecimento também que é possível não só reparar, mas conhecer os seus defeitos e a partir disso, mudar para ser a sua melhor companhia.

Ao se tornar o melhor que pode ser para você mesmo, você acaba sendo o melhor para as outras pessoas ao seu redor também.

Conclusão

Portanto, para ser sua melhor companhia invista tempo com você mesmo, não tenha medo da solidão, use isso a seu favor para ser o melhor que pode ser.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.