O que é tráfego?

por | 24, nov 2020 | Coaching, Networking | 0 Comentários

Quando alguém fala em tráfego, você consegue imaginar o que isso significa?

Muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre o que é o tráfego na internet, mas posso garantir a você que é muito mais simples do que possa imaginar.

O tráfego, dentro do mundo digital, refere-se diretamente à movimentação dos usuários que chegam até as suas páginas e navegam entre elas.

Ou seja, tráfego na internet nada mais é do que o fluxo de usuários entre os sites e ele é muito bem-vindo pelos donos de sites e blogs, como deve ser o seu caso.

Isso ocorre porque quanto maior for o número de pessoas que navegam entre as suas páginas, então maiores são as chances de que você consiga alcançar excelentes resultados em termos de conversões de leads e de vendas.

Se você procurou entender o que é o tráfego na internet, então é muito provável que esteja buscando formas de conseguir aumentar o número de acessos ao seu site ou blog.

Para que você consiga obter esses resultados positivos, é preciso compreender quais são as principais formas de adquirir tráfego para suas páginas, pois assim será possível compreender onde investir recursos e esforços de marketing.

Existem dois tipos principais de tráfego e a seguir irei mostrar a você cada um deles de forma detalhada.

1- Tráfego pago

Irei começar falando sobre o tráfego pago, que é muito importante e ainda gera muito receio em quem está iniciando no ramo do empreendimento digital.

Por meio da compra de tráfego, através da estratégia de links patrocinados, você paga para que seja possível alcançar o seu público-alvo e atrai-lo para seu site ou blog.

Mas por que pagar se é possível alcançar esse tráfego de forma gratuita (como você verá adiante no tráfego orgânico)?

É simples: o investimento direto em tráfego por meio dos links patrocinados permite que você consiga alcançar o público de forma imediata e garantida.

Optar pelo tráfego orgânico é excelente, mas isso pode levar tempo até que traga resultados reais e nem todo mundo está disposto a esperar tanto tempo assim.

A otimização de um site ou blog no Google não ocorre de forma imediata e pode demorar alguns meses até que você consiga obter seus primeiros resultados.

Por isso que cada vez mais pessoas optam por fazer o uso de plataformas de anúncios pagos, com o Google Ads (que é do Google) e o Facebook Ads (para Facebook e Instagram).

Através da criação de campanhas em plataformas de anúncios pagos é possível segmentar o público que deseja alcançar de acordo com informações relevantes, como dados demográficos, comportamentais e até mesmo geográficos.

2- Tráfego orgânico

O tráfego orgânico é, em poucas palavras, o tráfego natural, ou seja, é aquele em que você gera visitas de pessoas até o seu blog ou site sem que seja preciso fazer investimentos diretos em plataformas de anúncios pagos.

As pessoas interessadas no nicho no qual você trabalha encontram seus conteúdos ou páginas por meio de uma busca no Google ou em outros buscadores da internet.

Utilizando determinadas palavras-chave, eles são direcionados para uma lista de resultados e quanto melhor os seus estiverem ranqueados, maiores são as chances de serem encontrados.

A melhor forma de gerar tráfego orgânico e qualidade é por meio do marketing de conteúdo, juntamente com o uso do SEO (otimização para mecanismos de buscas).

Quando você cria conteúdos de qualidade e que estão bem otimizados, de acordo com os algoritmos do Google, por exemplo, então as páginas do seu site ou blog irão aparecer sempre nos primeiros resultados de uma pesquisa.

Conclusão

Como você viu, saber o que é tráfego é muito importante, e mais essencial ainda é conhecer as principais formas de gerar visitas para as páginas do seu site ou blog.

Neste texto, mostramos um pouco mais sobre cada um desses tipos de tráfegos e também é importante frisar que você não deve escolher um e excluir o outro, pois os dois devem utilizados em conjunto para melhores resultados. 

Gostou do artigo de hoje sobre o que é o tráfego?

Se você ficou com alguma dúvida sobre esse assunto, escreva-a abaixo nos comentários para que eu possa ajudá-lo.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.